Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Meu País das Maravilhas

Partilhas de uma mãe que adora escrever e mostrar o lado bom da vida!

O Meu País das Maravilhas

Partilhas de uma mãe que adora escrever e mostrar o lado bom da vida!

Conchas com memória

A ideia de escrever este post surgiu porque a Alice trouxe um trabalho para casa esta semana, em que tinha que escolher um objeto para apresentar à turma. Tinha que fazer uma pesquisa na internet sobre o objeto e obter o máximo de informação possível sobre ele para apresentá-lo na escola.

CONCHAS.jpg

A Alice escolheu uma concha, porque é um objeto comum em nossa casa. Tenho por hábito recolher conchas na praia sempre que vou ao Algarve e tenho uma boa coleção delas. Quando vim viver para os Açores, era obrigatório trazê-las, nem que fosse para matar saudades do cheiro do mar algarvio. No meu trabalho, não falta uma concha na minha secretária. Serve para guardar clips, ornamentando ao mesmo tempo e lembrando a minha terra.

IMG_5814.jpg

Em casa tenho um espanta-espíritos feito por mim com conchas apanhadas em várias praias do Algarve. Cada uma conta uma história. Cada um faz-me viajar até aquele dia, àquela praia... Tenho conchas das ilhas da Ria Formosa, que para mim são mais que muitas das Caraíbas. Ilha de Faro, Ilha do Farol, Ilha da Armona, Praia de Cabanas e Cacela Velha são alguns dos areais que escondem verdadeiras «jóias» do mar.

 

IMG_5810.jpg

Quando a maré está vazia, principalmente, gosto de dar um passeio à beira mar com os meus filhos e escolher as conchas mais coloridas e brilhantes. As madre-pérola são autênticos tesouros.

931329055_1_644x461_conchas-madreprola-madre-prola

Os búzios também fazem o encanto das crianças e deixam-nas perplexas quando «ouvem» o mar lá dentro. A verdade é que quando escutamos uma concha ou um búzio, estamos apenas ouvindo todos os sons que estão ao nosso redor. Com um labirinto em espiral, a concha produz o efeito de uma caixa de ressonância, que concentra e amplifica os sons, um efeito parecido com o eco que ouvimos dentro de uma igreja por exemplo. No final, claro que não é o barulho do mar, mas se parece muito com isso.

IMG_5811.jpg

A Alice gosta de apanhar as conchas mais pequeninas, que já têm buraquinhos para fazer pulseiras e colares. Gosto também de usar as conchas para decorar centros de mesa com velas.

Nos Açores, não existem essas conchas calcárias. As conchas mais vulgares e que também coleciono são das lapas, uma das iguarias açorianas de eleição.

IMG_5813.jpg

Como é formada uma concha?

 

Elas são basicamente carapaças protetoras dos moluscos marinhos, animais de corpo mole. Quando eles nascem, forma-se a seu redor uma concha provisória, chamada protoconcha. Quando o molusco cresce e atinge a idade jovem, começa a se constituir a concha definitiva, substituindo a primeira. É o chamado manto-tecido parecido com a pele, envolvendo as partes vitais do animal – que secreta as substâncias formadoras das quatro camadas da concha. O principal componente é o carbonato de cálcio, extraído da água do oceano. Há também elementos orgânicos, como proteínas, produzidos pelo próprio animal.

 

IMG_5809.jpg

As conchas, que servem de proteção para vários animais, principalmente os moluscos, são estruturas complexas formadas basicamente de carbonato de cálcio. Nos moluscos existem três substâncias que compõem a concha: a camada externa é formada por uma substância chamada de conchiolina, uma camada intermediária de calcita e uma camada de carbonato de cálcio.

 

O órgão que forma a concha é chamado de manto, um tecido delgado que fica em contato direto com a parte interna da concha. O manto concentra o cálcio em áreas onde pode ser separado do sangue , formando cristais de carbonato de cálcio que secretados junto a uma matriz orgânica vão formando lentamente a concha.

 

Quando um molusco é invadido por um parasita ou é incomodado por um objeto estranho que o animal não pode expulsar, entra em ação um processo conhecido como enquistação, pelo meio do qual a entidade ofensiva é envolta, de forma progressiva, por camadas concêntricas de nácar. Com o tempo formam-se pérolas. A enquistação mantém-se até que o molusco morra.

13949perola.jpg

As conchas são muito duradouras: duram mais tempo que os animais de corpo mole que as produzem. Em lugares onde se acumulam grandes quantidades de conchas formam-se sedimentos que podem converter-se, por compressão, em calcário.

 

Na verdade, não sei dizer o que me encanta nas conchas, mas com certeza porque me fazem lembrar o mar, aquele de quem não sei viver longe, aquele que me faz lembrar as minhas raízes e aquele que guarda para sempre quem mais amo! 

A-pile-of-seashells-Macro-HD-wallpaper_1920x1080.j