Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Meu País das Maravilhas

Partilhas de uma mãe que adora escrever e mostrar o lado bom da vida!

O Meu País das Maravilhas

Partilhas de uma mãe que adora escrever e mostrar o lado bom da vida!

Carta aos meus filhos

A propósito de um artigo que li, esta manhã, num jornal de uma carta de um pai para a sua filha, que achei muito bem escrita, decidi fazer o mesmo e escrever uma carta aos meus filhos.

107447536_321540192573135_3571413481035906578_n.jp

"Alice e Tomás,

Calhou-nos a nós viver uma era de pandemia. Estávamos nós na nossa vida normal, de escola, trabalho, casa, quando nos entrou pela porta um virus desconhecido que deu uma volta à nossa vida! Temos a sorte de viver num sítio onde a vida se vive com qualidade e calma. Aqui, nos Açores, há tempo para aproveitar as coisas boas e simples da vida, como sair do trabalho e ainda usufruir de umas horas de praia ou piscinas naturais.

107457757_352510399070835_1016525889887784363_n.jp

De repente, o virus obrigou-nos a ficar fechados em casa. No início foi uma sensação estranha de falta de liberdade, mas aos poucos, conforme fomos passando mais tempo em família, até nos soube bem!

A escola passou a ser em casa. Vários desafios foram impostos, não só a vocês alunos, como a nós pais. Tivemos que fazer da nossa casa, o nosso quartel general. O pai era o único soldado que saia para abastecer a nossa despensa. Todo o cuidado era pouco porque o «bicho» estava lá fora e ninguém sabia muito bem como combate-lo.

Houve dias bons e maus. Houve dias de muita brincadeira e diversão. Montámos tendas, fizemos puzzles, jogámos wii e monopólio, desenhámos e pintámos arco-irís, dançámos e cantámos. Tudo em família!

95152565_901882216966933_8044032050971279360_n.jpg

Também houve aqueles dias menos bons, onde o cansaço do confinamento trouxe discussões e algumas birras, dúvidas e incertezas. Fomos aprendendo a lidar com o «bicho» e a adaptarmo-nos a esta vida nova.

O que vos quero transmitir transmitir nesta carta é que, com tudo isto, devemos tirar várias lições. A primeira é que, devemos sempre, em momentos de maior adversidade, manter-nos unidos e ter muita coragem para todos os desafios. Outra lição é sermos pessoas inteligentes, sensatas e informadas. A luta contra algo desconhecido só se faz com muito estudo e informação. De nada vale, entrarmos em euforias e pânicos. A sensatez é muito importante para mantermos a «sanidade mental». Por isso, tivemos que nos munir de todas as «armas» que nos foram dadas (neste caso, o uso e cumprimento de todas as regras de distanciamento social e higienização). 

Todos os dias, somos bombardeados por informação, mas também por desinformação. Todo o cuidado é pouco para sabermos distingui-las. Meus filhos, doenças, bactérias e virus vão sempre existir.

107498929_967398953737612_8180935044624771473_n.jp

O que quero que tirem de tudo isto é que, neste mundo de coisas incríveis mas também cruéis, devemos cumprir o nosso papel e sermos seres humanos bons. Façam aos outros, aquilo que gostariam que os outros vos fizessem. Ou seja, coloquem-se sempre no lugar do outro. Não discriminem ninguém, não julguem ninguém. Somos todos diferentes, e as diferenças devem ser respeitadas, tanto a nível de raça, religião, política, educação, cultura, orientação sexual, etc. 

Quando tudo isto passar, e o mundo se «curar», viagem muito! Conheçam outros paises, outras pessoas, outras culturas. Pelo caminho, vão encontrar todo o género de seres humanos. Alguns vão se tornar amigos para a vida, outros vão vos desiludir. Vão descobrir que, em todo o lado, existem pessoas boas e pessoas más. Vão descobrir que vão receber confrorme aquilo que derem. Vão descobrir que para nos darmos em sociedade, é preciso nos adaptarmos e respeitarmos os outros.

É preciso, também, tomarem conta do nosso planeta. A realidade das alterações climáticas parece estar longe, mas não está. Está bem pertinho e é silenciosa. Por isso, sejam acima de tudo conscientes! Sejam amigos dos animais e respeitem a natureza. 

107464456_214365136409443_1467052723779127758_n.jp

107462092_291958248524399_7353417863280644118_n.jp

Aproveitem a vida e tudo o que de bom tem para vos dar, meus filhos. Respirem a natureza, sintam o calor da areia, mergulhem no mar profundo, colecionem conchas e pores do sol. Mas, acima de tudo, sejam boas pessoas e vivam, vivam muito!

105043349_2674560249492451_8012406076480675149_n.j