Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Meu País das Maravilhas

Partilhas de uma mãe que adora escrever e mostrar o lado bom da vida!

O Meu País das Maravilhas

Partilhas de uma mãe que adora escrever e mostrar o lado bom da vida!

Lagoa de Mil Encantos

A ilha de São Miguel tem uma beleza natural sem igual. As suas lagoas são uma das 7 Maravilhas do Mundo. Para mim, a Lagoa do Fogo, é a mais bonita. Situada na cratera do maciço vulcânico da Serra de Água de Pau, é uma das maiores lagoas dos Açores e a seguna maior de São Miguel. Em 1974 foi classificada como reserva natural.

14593644_10154007679341134_314259345_n.jpg

 

IMG_1029.jpg

 

 

 

Quando vi a Lagoa do Fogo pela primeira vez, há 10 anos atrás, fiquei completamente deslumbrada. Depois de fazer uma subida vertiginosa desde a cidade da Lagoa, quando paramos no primeiro miradouro, a vista é de cortar a respiração. É impossível ficar indeferente a tamanha beleza da Natureza. Em baixo a foto que tirei em 2007.

2007.jpg

 A cor da Lagoa muda conforme o céu. Se o dia estiver escuro e nublado, a lagoa fica num no tom verde azicentado. Se o céu estiver limpo e o sol a brilhar, torna-se de um azul turquesa lindo e profundo. Nem sempre é fácil ver a Lagoa do Fogo, principalmente no inverno, porque as nuvens cobrem muitas vezes a serra e se não avistarmos as antenas é sinal que, provavelmente, não vamos conseguir ver a Lagoa. Fica aqui a dica para quem vier visitar a ilha.

Esta foi tirada em 2010:

acores batizado alice 119.jpg

Depois de chegarmos ao topo e depararmo-nos com esta beleza natural, a vista vai ficando ainda mais bonita conforme vamos descendo e paramos nos miradouros seguintes e a Lagoa se vai aproximando cada vez mais. Os diversos tons de verde que envolvem a lagoa, tornam esta caldeira vulcânica única. Numa das margens consegue-se vislumbrar uma língua de areia que nos deixa com vontade de descer até lá. Um dia também eu me vou aventurar e descer o trilho pedestre e sentir a água daquela lagoa mágica. 

IMG_1033.jpg

Estas foram tiradas há poucos dias, num dia com o céu cheio de nuvens. A Lagoa não fica tão azul, mas continua linda.

14627992_10154007679371134_1877423251_n.jpg

14628033_10154007679331134_604045553_n.jpg

14657646_10154007679366134_85502202_n.jpg

O vulcão do Fogo é o mais jovem da ilha de São Miguel e foi formado há cerca de 15000 anos atrás. É resultado do último colapso, tido como importante e que ocorreu no topo do vulcão, há aproximadamente 5 mil anos. A última erupção data de 1563. Quando recebemos a visita de amigos e familares é dos primeiros sítios que gostamos de mostrar. E aproveitamos para visitar a Caldeira Velha quando descemos da Lagoa em direção à Ribeira Grande.

11896252_10153133792211134_1972078733333085089_n.j

A cascata de água quente férrea convida a banhos (27º). Nas minhas primeiras visitas a São Miguel este lugar era mais virgem e pouco explorado. Não se pagava e era fácil de estacionar. Desde que as companhias low cost invadiram a ilha,o parque está cheio praticamente todos os dias da semana e é difícil estacionar. Mas também tem mais condições e existe agora o Centro de Interpretação Ambiental da Caldeira Velha e uma nova piscina de água férrea a 38º C. 

caldeira velha 2007.jpg

A Caldeira Velha é uma área protegida classificado como Monumento Natural do Parque Natural de São Miguel e está identificada como um Geossítio do Geoparque Açores, Geoparque Mundial da UNESCO. Poderá também fazer um percurso pedestre, com cerca de 320 m (de inclinação elevada) até à nascente termal da Caldeira Velha. Por motivos de segurança e por medidas de conservação da natureza, o trilho da nascente apenas pode ser feito mediante o acompanhamento de um técnico do Centro de Interpretação Ambiental, em grupos organizados de no máximo 10 pessoas, num horário pré-definido: 9:30, 11:30, 14:00, 16:00, 18:00 e 19:00.

11887883_10153133787526134_7549540285131767105_n.j