Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Meu País das Maravilhas

Partilhas de uma mãe que adora escrever e mostrar o lado bom da vida!

O Meu País das Maravilhas

Partilhas de uma mãe que adora escrever e mostrar o lado bom da vida!

Infância na rua

Tenho a ideia que, na altura dos meus pais, a infância das meninas era passada a ajudar nos afazeres de casa e os meninos cedo iam para as terras ajudar os pais ou começavam a trabalhar muito antes dos 18 anos. No meu tempo, passava-se imenso tempo a brincar na rua com os amigos e usavam-se muito os jogos tradicionais. Hoje em dia, as brincadeiras das crianças estão muito diferentes. 

19866671_10154792286816134_106436134_n.jpg

Nos anos 80 e 90, era comum, principalmente durante as férias de Verão, ver as ruas cheias de crianças a brincar às apanhadas, ao berlinde, a saltar ao elástico, a jogar à bola ou a andar de bicicleta. Lembro-me tão bem de ficar até altas horas da noite a conversar com as minhas amigas no passeio junto a minha casa.

elastico.jpg

Vivíamos no centro da cidade, numa zona com cafés e esplanadas e naquelas noites de verão todas as crianças e adolescentes se juntavam, depois do jantar, naqueles passeios. Comiam-se gelados para refrescar, contavam-se histórias e anedotas, uns cantavam e dançavam, outros brincavam às escondidas.

 

Os pais muitas vezes estavam na esplanada a beber um café. Mas nunca se sentiu aquele medo que talvez, hoje em dia, seja a razão pela qual as ruas estão vazias. É verdade que, nos dias que correm, existem mais carros, e muitos mais perigos da nova sociedade. Naquela altura, não se ouvia falar em pedofilia ou em raptos de crianças. Parecia que as crianças eram seres intocáveis.

 

19970471_10154792286876134_1308753587_n.jpg

São vários os jogos tradicionais que fazem parte da nossa identidade como portugueses. Cabra cega, corrida de sacos, jogo da macaca, jogo da malha, berlinde, pião, jogo do eixo e jogo do lenço são alguns dos que joguei na minha infância. Neste site podemos encontrar a sua definição: http://jogostradicionais.net/

IMG_5882_1_high.jpg

Atualmente, a realidade é muito diferente. Há os computadores e a internet. As crianças usam telemóveis. Os jogos tradicionais foram trocados por consolas e tablets. Os pais preferem ter os seus filhos seguros em casa. E as crianças vivem uma vida cada vez mais isolada e sedentária.

 

Adorava que os meus filhos tivessem uma infância como a minha. Mas, é impossivel regressar no tempo e parar o desenvolvimento das novas tecnologias. Contudo, a Alice gosta muito de brincadeiras ao ar livre. No quintal dos avós fantasia as mais variadas brincadeiras. No outro dia, fui dar com ela e o irmão a jogar à macaca. Pintaram com giz o chão do quintal e lá estavam saltando e brincando.

19858873_10154792286746134_942470858_n.jpg

O meu desejo é que a infância dos meus filhos passe muito, muito devagar. E que seja passada com muitos momentos de brincadeiras ao ar livre, nem que isso implique voltarem para casa todos sujos de terra ou molhados de água. 

shutterstock_144352681-e1416938118499.jpg