Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Meu País das Maravilhas

Partilhas de uma mãe que adora escrever e mostrar o lado bom da vida!

O Meu País das Maravilhas

Partilhas de uma mãe que adora escrever e mostrar o lado bom da vida!

Férias de Verão

Brincar é uma das principais caraterísticas de se ser criança. Uma infância com recordações felizes de momentos de diversão em casa, na escola ou na rua é dos melhores pilares para uma vida adulta plena. Hoje, recordo com saudade as férias de verão que trazem o cheiro a mar salgado, a sardinhas e «ares-a-molho», a pinheiros, a melancia, figos e pão com maneiga e açúcar.

 

IMG_9920.JPG

 

Recordo como se fosse ontem a minha primeira amizade de infância. Éramos vizinhas e os nossos pais eram amigos. Praticamente todos os dias nos juntávamos, ora na minha casa ora na dela, e brincávamos às barbies, às mães com os nossos nenucos, ou às lojas. Tomávamos conta do chão do quarto e montávamos verdadeiras casas. E, por vezes, transformávamos a sala em lojas de móveis e decoração. Todos os «bibelots» eram vendidos a preços inimagináveis.

 

Quando chegavam as férias grandes do verão, era o delírio. Já não tínhamos que dividir o tempo que restava das aulas, com os tpc's e a hora de brincar. Aqueles três meses eram passados a andar de bicicleta na praçeta da rua, a jogar às escondidas e entre a casa de uma e de outra.

 

IMG_0011.JPG

 

Tenho uma irmã mais velha 4 anos e ela também foi sempre a minha companhia para brincar. Só que nem sempre ela tinha paciência para as minhas «infantilidades». Houve uma fase em que ela só queria ouvir música, ler revistas «Bravo» e ver videoclips dos «New Kids on the Block» (Quem se lembra desta boys banda dos anos 80?).

 

635869-164935__new_kids_l.jpg

 

Mas, o melhor do verão eram os fins de semana em família. Os dias de praia com os meus pais, irmãs, tios, primos, começavam com as manhãs a construir castelos e carros de areia e muitos mergulhos. Depois, as sardinhadas e churrascos debaixo dos pinheiros na praia do Cavalo Preto (Quarteira), com direito a sestas no chão ou em redes penduradas nas árvores.

 

 

2006 1553.JPG

 

Com a chegada do verão e com o aumento da disponibilidade dos pais nesta época, brincar deve ser uma tarefa prioritária pois é considerada a atividade mais séria que a criança pode realizar, quer pelo seu potencial simbólico quer de aprendizagem. Porém, apesar de nas férias o tempo destinado à brincadeira ser redobrado, a mesma não deve ser descurada durante as épocas letivas.

 

2006 2313.JPG

 

De um modo geral, as férias de uma família aumentam a disponibilidade, temporal, física e emocional dos pais para proporcionar à criança outras vivências e aproximação a outras crianças, potenciando o seu leque de experiências através da socialização.

 

IMG_9731.JPG

 

Brincar é uma tarefa importante e imprescindível para o desenvolvimento infantil. A sua interação e descoberta através da brincadeira melhora não só o seu dia-a-dia, pela descoberta do mundo que a rodeia, mas também a sua aprendizagem.

 

2006 2122.JPG

 

A brincadeira é a linguagem universal das crianças, pelo que as crianças devem brincar juntas e aprender a ser e a estar com as diferenças. A verdadeira inclusão das crianças nas creches, jardins de infância, escolas poderá ter início no brincar, pois esta tarefa é um meio facilitador de aproximação e de relação.

 

IMG_0862.JPG

 

Assim, segundo a psicomotricista Sara Borges, num artigo do jornal Açoriano Oriental, "brincar desempenha um papel central na vida das crianças, pois além da carga emocional subjacente, devido ao envolvimento dos pais, favorece todo o seu desenvolvimento global". Por isso, é normal passarem o tempo inteiro das férias a dizer "Mamã, Papá, Vamos brincar!".

 

IMG_1063.JPG

 

As nossas férias de verão este ano foram bem aproveitadas, passadas a passear, brincar, descobrir novos sítios e partilhar novas experiências. Começámos o mês de Junho fazendo uma visita à família do Continente. Matámos saudades de amigos em Lisboa e aproveitámos para visitar o Oceanário, o Museu do Benfica e a loja da Disney.

 

IMG_9672.JPG

 

IMG_9687.JPG

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Rumámos, depois, ao Algarve onde usufruimos de cada segundo, cada momento com a família, não esquecendo de aproveitar o sol, a praia e o campo brincando o máximo que pudémos.

 

IMG_0006.JPG

 

Fizémos castelos de areia, caudas de sereia, furámos as ondas, comemos bolas de berlim, andámos de balouço e escorrega, apanhámos figos, descansámos na sombras da alfarrobeira da tia, tomámos banhos de mangueira no quintal, apanhámos conchas, visitámos o Mercado Municipal de Loulé, reunimos os amigos em jantares tardios, assistimos a concertos de verão, pagámos promessas e apanhámos o avião de volta para a ilha.

 

IMG_0102.JPG

 

 

 

2006 1418.JPG

 

Em São Miguel aproveitámos todas as folgas e fins-de-semana do pai para visitar um cantinho novo da ilha. Fomos passar um dia em Nordeste, outro num resort em Fenais da Luz, apanhámos sol na praia do pópulo, assistimos às festas dos santos populares e a Alice até participou num concurso de talentos!

 

 

 

IMG_0319.JPG

 

IMG_0320.JPG

 

 Demos mergulhos nas piscinas da Lagoa e da Ribeira Grande e nos poços naturais da Atalhada. Nos dias mais encobertos, usufruimos das águas termais da Caldeira Velha e da Poça da Dona Beija. Comemos um cozido nas Furnas e até a Cataplana Algarvia veio ao nosso encontro este verão.

 

IMG_0333.JPG

 

Trabalhámos em impérios e dançámos em festas e impérios. Encontrámos amigos em festivais de verão, vimos o pôr-do-sol no nosso local de eleição, comemos sushi e gelados gulosos, viajámos de barco até ao Ilhéu de Vila Franca do Campo, comemos lapas e maçarocas de milho, fizémos trilhos pedestres e almoçámos em família.

 

IMG_0999.JPG

 

 

 

Enfim, posso dizer que foi um verão bem aproveitado, com momentos de alegria, partilha e, acima de tudo, espero que momentos que os meus filhos guardem para sempre no baú das recordações da sua infância!

 

IMG_9825.JPG