Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Meu País das Maravilhas

Partilhas de uma mãe que adora escrever e mostrar o lado bom da vida!

O Meu País das Maravilhas

Partilhas de uma mãe que adora escrever e mostrar o lado bom da vida!

Boa Mesa em S. Miguel

Hoje, decidi presentear-vos com uma viagem gastronómica por São Miguel. Claro que nem todos temos os mesmos gostos e há opiniões variadas no que diz respeito a gastronomia. Mas, neste post, apresento as minhas sugestões, os cantinhos secretos que fui descobrindo nesta ilha mágica. Há opções para quem gosta de carne, peixe, vegetarianos, amantes da gastronomia regional açoreana e também para os mais gulosos.

17078440_10154415049056134_903678471_n.jpg

Começo pelo meu sítio preferido. Para além da paisagem maravilhosa, foi onde encontrei o melhor sushi que já comi. O Restaurante chama-se «Areais» e fica situado no Eco-Resort Santa Bárbara, na Ribeira Grande (zona norte da ilha de S.Miguel). O site é http://santabarbaraazores.com/

49974154.jpg

Situado entre o mar e a serra num local isolado que permite disfrutar da paz e silêncio da natureza, é para mim o local perfeito para um almoço ou jantar a dois. Prefiro ir durante o dia para apreciar a vista sobre o areal da praia de Santa Bárbara que é deslumbrante.

12744374_10153446990456134_818612198220958893_n.jp

Um jantar ao pôr-do-sol ou à noite também é sempre um bom motivo para provar o sushi e sashimi acabados de fazer. Costumo escolher a opção do Chef Fauzi, que traz misturados sabores do oriente com outros bem típicos da ilha, como pimenta da terra e ananás. O polvo à lagareiro, o peixe fresco local e a massa com frutos do mar são outras das iguarias que podem provar.

17160176_10154425647191134_1011124455_n.jpg

 

55796984.jpg

Se decidirem pernoitar no Resort não se vão arrepender. A decoração naturalista, inspirada na natureza da ilha, e com recurso a elementos provenientes do próprio mar fazem desta unidade de alojamento um sítio único e relaxante. A zona da piscina é de cortar a respiração e quem tiver o sonho de fazer um casamento junto à praia este é o local ideal!

villasretreat.jpg

piscina6.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

12742244_10153446990561134_7046257289149807513_n.j

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Outro restaurante a não perder fica situado no centro de Ponta Delgada, na Rua do Aljube. Chama-se «A Tasca» (https://pt-pt.facebook.com/A-Tasca-354248658014325/)  e tem um conceito de partilha de petiscos e tapas entre amigos, música e boa disposição. O meu conselho é fazer reserva com antecedência porque as mesas esgotam com facilidade. Sempre que lá vou, opto por escolher várias entradas e petiscos e partilhar.

Algumas das minhas iguarias preferidas são bôlo levedo com manteiga de alho, queijo fresco com doce de pimenta da terra, polvo panado com cebola caramelizada, açorda de camarão, gambas fritas com azeite, malaguetas e vinho, lapas grelhadas, folhados de queijo e maçã e a travessa de enchidos regionais. Como prato principal recomenda-se o lombo de atum com sementes de sésamo, batata doce e inhame.

17093867_10154414619106134_106903347_n.jpg

17078710_10154414619026134_468981219_n.jpg

17102005_10154414619091134_37425823_n.jpg

17101693_10154414619071134_743086412_n.jpg

 

Para comer peixe fresco e marisco nada como os restaurantes da Lagoa. «A Traineira», «Borda D'Água», «Zé do Rego» e «Caloura» são alguns dos sítios que aconselho. O «Cais 20» fica situado em São Roque, Ponta Delgada, mas também é sítio de paragem obrigatória e permite jantar até altas horas da noite. Lá vão ser atendidos com simpatia, num ambiente acolhedor e sair de barriga satisfeita com certeza. Lapas, cracas, cavacos, espetadas de lulas, gambas com molho de alho e todo o tipo de peixe fresco são algumas das sugestões.

10259724_10152761781896134_3373244379887975609_n.j

cracas.jpg

cavaco.jpg

O Restaurante «Mariserra» é outro ponto de paragem de muitos turistas que vêm visitar São Miguel. Adorei o arroz de marisco que comi lá. (http://www.restaurantemariserra.pt/).

mareserra.jpg

Para quem é apreciador de um bom bife, nada como provar a melhor carne açoreana no Restaurante da Associação Agrícola (http://www.restauranteaasm.com/pt/index.php). Fica situado em Santana, Ribeira Grande. Recomendo o bife regional e, para quem gosta de experimentar sabores diferentes, o bife com molho de maracujá. Pode escolher entre a carne do lombo, pojadouro ou vazia. Os bifes são bem servidos e, para quem como eu não come muito, existem as opções «low cost».

Outra opção para provar o bife regional é na Casa do Bife «O Galego» (http://restauranteogalego.pai.pt/). Fica à saída de Ponta Delgada para a Lagoa e tem vista para o mar.

11940284_10153168148836134_8522867801829888255_o.j

1798384_10152457423731134_3883605619125297625_n.jp

10460883_680288398709206_8390788413434518368_o.jpg

Mudando radicalmente e passando para uma opção vegetariana, aconselho uma visita ao restaurante «Rotas da Ilha Verde» (http://rotasilha.blogspot.pt/). Fica na zona histórica de Ponta Delgada, na Rua Pedro Homem, Nº 49. Fui lá apenas uma vez e fiquei rendida. Se tem a ideia de que saímos com fome de um restaurante vegetariano,  está bem enganado. Começando pela sopa, prato principal e terminando nas irresistíveis sobremesas (que são servidas numa dose bem generosa), saí do Rotas literalmente a «rebentar» de tão cheia. Fui num almoço com amigas, mas recomendo seriamente a reservar uma mesa para jantar visto que a ementa é vasta e apetecível.

Experimentei o caril de legumes, acompanhado do chá do dia, e adorei! Quanto às sobremesas, escolhemos três e partilhámos. Pavlova de frutos vermelhos, cheesecake de abóbora e nozes e um bolo de chocolate de comer e chorar por mais.

rotas.jpg

 «Forneria São Dinis» é mais um espaço de eleição em Ponta Delgada. Cozinha mediterrânica com produtos regionais açoreanos é a base do menu. A confeção em forno de lenha e grelha a carvão são o segredo do sucesso deste restaurante. Carnes suculentas e pizzas estaladiças, valorizando sempre a confeção artesanal distinguem a Forneria (http://www.forneriasaodinis.com/forneria/). Quando lá vou não resisto a pedir os folhadinhos de alheira, os bombons de morcela e ananás e os ovos rotos.

forneria.jpg

 Para um chá das cinco ou um brunch a minha sugestão é o «Louvre Micaelense» de que já vos falei no blog (http://omeupaisdasmaravilhas.blogs.sapo.pt/louvre-micaelense-7821). 

IMG_6492.JPG

Outro cantinho mágico onde descobri os melhores macarrons da ilha chama-se «Bolinhos D'Avó» (https://www.facebook.com/bolosavo/). O menu de chás e infusões também é delicioso. Tem um excelente bolo red velvet e outros tantos cupcakes com várias texturas e sabores. Também lá me deliciei com a minha filha com uns scones acabados de sair do forno recheados com doce caseiro de morango. O espaço situado perto do Continente da Ribeira Grande faz lembrar uma casinha de bonecas. O brunch vegan é uma das suas novidades!

13707539_10153800007166134_7594970006945644638_n.j

A Confeitaria «A Colmeia», mesmo no centro de Ponta Delgada, é outro dos meus sítios preferidos para lanchar ou almoçar. Tem sushi fresco e muito bem confeccionado a um preço acessivel e os pastéis de nata mais saborosas da ilha, com sabor tradicional, maracujá, ananás ou chocolate. As broas de abóbora e nozes, as telhas de amêndoa, as queijadas de Ponta Delgada e as trufas são outras das perdições deste lugar. No Natal, não dispenso o Bolo Rei Mal Amanhado. (https://www.facebook.com/ConfeitariaAColmeia)

11987189_10153144774781134_2811228463066031490_n.j

O Restaurante «La Cantina», situado nas Portas do Mar, pertence à mesma gerência e é um dos meus sítios de eleição também para comer sushi ou comida italiana. Tem também opções para quem quer comer peixe fresco ou provar os pratos regionais. (https://www.facebook.com/LaCantinaItaliana)

la cantina.jpg

 No Verão, para refrescar e adoçar a boca nada como os gelados da Gelataria Artesanal Italiana Abracadabra (https://www.facebook.com/Gelataria-Abracadabra-775615132534490/).

11825639_10153105259091134_8371647548020976239_n.j

 Depois, sugiro a «Quinta dos Açores», que também já falei no blog (http://omeupaisdasmaravilhas.blogs.sapo.pt/parque-crepes-e-familia-1281),onde vamos muitas vezes lanchar uns belos crepes com gelado, ou mesmo jantar saladas, hamburguers e «açorianinhas».

17160805_10154425643511134_1880164646_n.jpg

quinta dos açores.jpg

O10429299_10152649382251134_7294466086020999555_n.j

 Para terminar, quem visita São Miguel tem que passar pelo «O Chocolatinho - Alves Devine» (http://www.ochocolatinho.pt/). Existem lojas em Rabo de Peixe, Ribeira Grande e Ponta Delgada. Assim que entramos ficamos rendidos à vitrine de bombons dos mais variados sabores, que nos fazem viajar pelas 9 ilhas dos Açores. Queijo de São Jorge, Pimenta da Terra, Ananás dos Açores, Maracujá, Torrão de Amendoim com Açúcar, Caramelo de Beterraba, Licores (tangerina, ananás, maracujá, amora e anis), Mel dos Açores, Vinho de Cheiro, Hortelã-Pimenta, Chá Verde e Chá Preto Gorreana, compotas típicas, casca de laranja com chocolate, Maracujá Vermelho, e inhame, entre outros são ingredientes presentes na sua chocolateria. Os chocolates quentes com sabor e os brownies são deliciosos! (https://www.facebook.com/oChocolatinho)

chocolatinho.jpg

E, assim, termino este post com a boca agri-doce. Abri-vos o apetite?